sábado, 27 de agosto de 2011

Quanto ganham os políticos!


Os ministros do atual Governo já depositaram as suas declarações patrimoniais no Tribunal Constitucional. A VISÃO foi consultá-las na última segunda-feira, dia em que terminava o prazo para a entrega.
Além dos rendimentos destes governantes, aproveitámos para ver quanto ganharam os líderes dos principais partidos e o Presidente da República no ano de 2010. Eis algumas conclusões: 


PEDRO PASSOS COELHO, PSD

Durante o ano de 2010 o primeiro-ministro recebeu um total de 122 728,97 euros. Desse valor, apenas três mil euros dizem respeito a rendimentos prediais (o restante é o seu salário de gestor) 


CAVACO SILVA, PR   
                                                                                                                                                                   Ainda antes de ter abdicado do salário presidencial, o que aconteceu em janeiro de 2011 e foi amplamente noticiado, o chefe de Estado recebeu, em 2010, um total de 138 942,02 euros relativos a trabalho dependente e 141 519,56 euros em pensões 


ANTÓNIO JOSÉ SEGURO, PS

O recém-eleito líder do PS ganhou 94 350,90 euros em 2010, o que não seria suficiente para entrar no TOP dos mais bem pagos, se estivesse no atual Governo 


PAULO PORTAS, CDS

O rendimento global em 2010 chegou aos 51 520,06 euros por trabalho dependente (como deputado). De todos os ministros e também líderes da oposição, é o que menos ganha.

FRANCISCO LOUÇÃ, BE

O rendimento global anual do bloquista foi de 64 997,92 euros em 2010. Foi o único dos políticos, cuja declaração foi consultada pela VISÃO, a declarar um pequeno barco de recreio 


JERÓNIMO DE SOUSA, PCP

A sua declaração de 2010 é  uma das mais concisas. Nela, o secretário-geral do PCP apresenta-se como afinador de máquinas e declara 56 727,32 euros pela sua atividade de deputado