segunda-feira, 11 de março de 2013

Porque, é que estas noticias, não passam nas Tv´s?



 Esta é a última história portuguesa que se tornou viral nas redes sociais. 
A Polícia de Segurança Pública partilhou on-line, embora não identifique  
os agentes envolvidos no caso.


psp

Esta semana, foi a policia solicitada para um supermercado no Porto.
Aí chegados, foram informados pelo vigilante que uma pessoa tinha sido travada à saída na posse de artigos furtados.


Questionado sobre os artigos furtados, a gerente e o vigilante referiram tratar-se de 4 iogurtes, 6 pães e 2 pacotes de leite.
Os agentes, dirigiram-se então ao autor e este, a chorar, disse que tanto ele como a mulher, estão desempregados, têm 2 crianças em casa e nem leite tinha para lhes dar.
Este acto, visava apenas levar comida para os filhos que ainda não tinham comido nada durante todo o dia.

De volta à gerente, esta, depois de passar os artigos pela caixa mostrou o talão, com um valor pouco acima dos 4 euros.

Nesse momento, o agente, tirou dinheiro do bolso, perguntou se a casa aceitava o pagamento e após este ter sido efectuado ainda perguntou se pretendiam procedimento criminal.

Uma vez que os artigos estavam pagos e nada mais restava a fazer, foi o autor do furto chamado à parte, onde lavado em lágrimas, ouviu o conselho de que pedir não é crime.
Não volte a furtar mais nada pois para a próxima pode não ter a sorte que teve hoje.
De seguida mandou-o embora com os iogurtes, o pão e o leite.

Há Homens assim nestas fileiras que dia após dia, presenciam homens, mulheres e crianças com fome, em que o último recurso é pedir ou furtar.

São pessoas de bem, que sempre trabalharam, sempre pagaram os seus impostos e que agora se vêem privados de tudo e incapazes sequer de alimentar os seus filhos.
É este o país em que vivemos!

O meu bem haja a este agente policial :José do Rosário