terça-feira, 8 de novembro de 2011

Governo aceita cortar só um subsídio!

Segundo o Correio da Manhã, o Governo aceita cortar  um, de dois subsídios (Férias ou Natal), desde que o PS diga onde vai buscar o dinheiro.
Como o P S deve ter algumas dificuldades em descortinar, onde iria buscar o dinheiro para compensar, o que o seu irmão gémeo (P S D) nos quer tirar. Já que onde o dinheiro que faz falta tem sido mal gasto e continua a ser,............é com as clientelas destes dois partidos.
Mas  todos os  partidos, com assento na Assembleia da Republica,  têm responsabilidades.
P C P e Bloco de Esquerda os menos responsáveis, já que nunca estiveram no poder.


Então, aqui vão algumas sugestões, das muitas que existem, onde se podia ir buscar dinheiro que evitasse, que os que trabalham, ou trabalharam (reformados) não fossem expropriados daquilo a que têm direito. (subsídio de férias e subsídio de Natal)


Assembleia da Republica:


230 de deputados- podem passar para 180


1/3 dos deputados, tem outra ocupação cá fora


Gastos com a Assembleia da Republica nos últimos cinco anos:


 Clic nas datas: para ver em pormenor


2012--------95.394.581,00 euros---  aqui já se encolheram um bocado


2011------- 114.478.882,46 euros


2010-------191.406.356,61 euros---aqui então foi à fartazana



2009------ 184.308.359,67 euros


2008------ 109.818.630,00 euros


Dezassete gestores de empresas públicas e dois presidentes de entidades reguladoras recebem por ano um total de 4. 696. 309 de euros em salários, prémios e outras regalias. O que significa 2.47 174 euros por ano em média cada um.


fonte: Correio da Manhã





Gestores não executivos recebem 7.400 euros por reunião.


Faria de Oliveira ganha MAIS na CGD que Christine Lagarde no FMI!

fonte:Aqui

Isto são apenas alguns exemplos.