terça-feira, 28 de junho de 2011

O casamento entre pessoas do mesmo sexo, é mais um aumento da despesa do estado!

Penso e já o disse várias vezes que o casamento entre pessoas do mesmo sexo é uma aberração contra natura.
Todas as espécies têm o dever genético de pró criarem. Homens ou mulheres casadas com sexo igual não criam. Se isto se generalizar a raça humana não tem futuro. O mundo será uma uma espécie de Sodoma e Gomorra
Mas no nosso caso concreto e no País que é Portugal, à beira do colapso económico, o casamento homo- sexual, pode vir a aumentar ainda mais as despesas no campo social. Já que estes casamentos têm os mesmos direitos que os celebrados naturalmente entre homens e mulheres. Admitamos que os idosos em qualquer instituição (lares ou outros) e sendo viúvos os solteiros,   são aconselhados a contrair casamento entre amigos ou amigas , mesmo que não sejam homo-sexuais. Com o casamento realizado e que um venha a falecer, o outro tem direito a uma parte da  reforma e de outros rendimentos que o outro recebia. Isto pode ser vantajoso para as instituições, já que  morre um, mas o outro fica a pagar mais pelo aumento do rendimento do viúvo ou viúva. Para o lugar do que morreu, entra logo outro. Mas para a Segurança Social será um aumento na despesa.


A nova secretária de Estado para a Igualdade Teresa Morais, em tempos e quando da aprovação do projecto sobre o assunto na Assembleia da Republica  teve esta intervenção .


Veja o video.