quinta-feira, 16 de junho de 2011

Deutsche Bank em Portugal passa a Sucursal.....,porque será?

Como sucursal a instituição pretende ganhar vantagens a captar recursos por passar a banco de direito alemão. Assim, o Deutsche Bank Portugal vai deixar de ser um banco de direito português para passar a sucursal da casa-mãe alemã. Um passo que, no sistema financeiro nacional, é visto como uma forma de a instituição deixar de estar exposta ao risco de Portugal, evitar nacionalizações e assim proteger os seus fundos e os seus clientes de qualquer possível crise política grave em território luso. Sendo sucursal, pode encerrar os seus balcões em território português de um dia para o outro. Um forte sinal de que os alemães já esperam para breve a saída de Portugal da Zona Euro.


 Seria no entanto interessante de interrogar antecipadamente o DB, sobre qual seria a sua posição em caso de saída do Euro, ou seja, se iriam ou não converter os depósitos e empréstimos de Portugueses na nova moeda.

Resposta:transcrita da fonte citada em baixo....

Bom, eu tive a oportunidade de colocar essa pergunta e outras, ao Administrador do D.B. Portugal, numa conferência de esclarecimento para clientes, que se realizou ontem no Sheraton em Lisboa.

1 - A garantia depósitos é garantia banco central alemão e não Banco Portugal como agora.

2 - A conta em € fica em € mesmo que Portugal retorne ao escudo e caso a Alemanha retorne ao marco, ficamos com a conta em marcos . Aliás, até fomos aconselhados a ter contas em várias moedas que garantam mais estabilidade, nomeadamente o dolar canadiano e australiano. (produtores de commodities).

3 - A nível de impostos, somos taxados igualmente, pois como sabem, mesmo tendo uma conta no estrangeiro , mas sendo residentes cá, os impostos são da República Portuguesa.

Bem, penso que fico c/ menos risco de perder valor , por default do banco ou da República Portuguesa... :-\



in Jornal de Negocios