terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Outra vez os TELEFONES PREFIXOS 707

  



 Agora a moda pegou nos anúncios nas televisões .  E ao que parece coisa está a dar.. A R. T. P,  a seguir ao almoço parece a antiga banha da cobra ...tome isto engula aquilo.....há remédios salvadores para todo o tipo de doenças.
                                                                                                                          Telefonar para números começados por 707 custa muito , principalmente se for de um telemóvel. Recuse ligar para números 707 Estes números (chamados únicos pela PT) não são considerados números pertencentes à rede fixa (!) pelo que são sempre pagos. Mesmo aqueles que estão a pagar uma mensalidade com a promessa de terem chamadas grátis, terão sempre que pagar (e muito!) estas chamadas. Os números de telefone começados por 707, para além de apresentarem um elevadíssimo custo para quem faz a chamada, raramente são acompanhados do seu custo por minuto (por que será?). Quanto custa ligar para estes números? Só quando se recebe a factura ou o saldo do telemóvel termina se poderá ter a percepção do roubo que fomos alvo. (Veja alguns exemplos em rodapé) Burla já detectada pela Anacom.  

  A  Autoridade Nacional de Comunicações tem recebido um volume considerável de denúncias e reclamações de consumidores relativas ao uso indevido destes números. Como se não bastasse o já de si elevado custo dos 707, em algumas das situações fiscalizadas pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) foi detectada a utilização dos prefixos 707 para a prestação de serviços de audio-texto - aumentando assim exponencialmente o custo das chamadas - tendo por isso sido instaurados processos contra-ordenais. Por outro lado, muitas vezes surgem os 707 acompanhados de designação de “chamada local” ou “número azul” - o que é falso, pois estas chamadas são as com prefixo 808 – confundindo assim quem faz a chamada e levando a pensar tratar-se de números de baixo custo.  Telefonar do telemóvel para um 707 custa, pelo menos, três vezes mais do que do fixo.  Recuse ligar para números 707 Como se pode verificar, estes números pelo seu elevadíssimo, custo são uma fantástica invenção da PT (e outros operadores) por forma a obrigar o consumidor a pagar verdadeiras fortunas por um simples telefonema. Agora quando ligar para um 707 e lhe derem música do lado de lá, já sabe que a musiquinha lhe ficará bastante cara. Informe os seus amigos/colegas/familiares Quem encomenda roupa, bilhetes para o cinema, etc. etc, ligando para um 707 acaba por pagar mais pelo telefonema que pelo bem que pretende comprar, curioso não? Governo obriga cidadãos a gastar fortunas em telefonemas. Mais grave ainda, é muitos números de telefone oficiais estarem a mudar para 707, por que será que nos querem obrigar a gastar fortunas com os telefones?.
 É o caso do telefone da DGCI, das «novas oportunidades» do MTSS (o tal programa do Governo que transforma semi-analfabetos em proprietários do 12.º ano de escolaridade), da EPU do número de apoio da Secretaria de Estado das Comunidades (707202000), Etc. Etc. É um escândalo, será que ninguém proíbe este atentado aos nossos bolsos? Companhias de seguros também aderem à triste “moda” Quando se circula de automóvel e se tem um acidente, o natural será ligar para a seguradora através do telemóvel. E qual o prefixo da maior parte dos números de assistência disponibilizados pelas seguradoras? 707 é claro! Por que nos obrigam a gastar fortunas em telefonemas? Será que recebem uma percentagem dos elevados custos pagos pelos desafortunados que necessitam de apoio? Informe os seus amigos/colegas/familiares Risque estes números malditos Para saber mais:

                                                                                                                                 Consultar site da Anacom: www.anacom.pt

Dando alguns exemplos…

  • Número Verde (800): chamadas totalmente gratuitas… use e abuse!
  • Número Azul (808): custo de chamada local.
  • Número Único (707): um roubo… desculpem chamada de valor acrescentado cujo custo é totalmente suportado por quem telefona.