terça-feira, 6 de janeiro de 2015

2015...Em Portugal , há que branquear a realidade ... Vai haver Eleições!


Um novo ano começou e  outro  acabou.

Quem olhou de fora e analisou o comportamento dos Portugueses, nesta azáfama das compras de Natal pensará que as dificuldades,  que passamos a nível económico, no Emprego,nas Reformas, na Saúde,na Educação, na Segurança Social, e ainda  mais nestes últimos 3 anos... é apenas e só uma mentira. Mas a realidade é outra, senão:


Vejamos:


A divida publica de  Portugal deverá rondar no final do ano que terminou, os 130% do  P . I. B.


Em 2011 e quando a Troika começou a mandar nisto e pôs os seus fieis mandatários a implementarem as medidas que eles ordenaram , a Dívida Publica estava nos 103%.

Pergunta-se o porquê da subida, da Dívida em em cerca 27%.
O Desemprego aumentou, a fome assentou arraiais, na maioria da classe mais desfavorecida .....que são os que trabalham (ou trabalhavam), por conta de outrem .


A corrupção continuou e até aumentou, hoje aos olhos da maioria dos Portugueses, falar em políticos ou banqueiros é relacioná-los, com corrupção, (pessoalmente, ainda não generalizo  as coisa, assim)....até quando não sei .Ainda não tinha-mos acabado de digerir o BPN e já aí estava outro, ainda mais grave....o BES.

Agora querem mostrar,   que a Justiça funciona, e prenderam o Sócrates.Não esquecendo de usar o tempo e o modo.... mais conveniente. Pergunta-se:.....  e os outros?
Se a medida for mesmo honesta ( duvido) e vier a funcionar,para ficar  terão que aumentar a capacidade da cadeia de Évora !
No ano que agora começou, eles estrategicamente irão tentar (já estão) embelezar a situação ,o acto eleitoral assim os obriga. Quando me refiro a eles estou a falar, de todos os que tem estado na área da governação.
E   nós..... parece-me,....... já estamos a acreditar nisso.

Mais:


Não me admira que no próximo trimestre,o INE, ou outro Organismo Estatal, venha dizer que o crédito mal parado aumentou.


Mas este comportamento que nós temos, tem a ver também, com o que se passa lá fora. O petróleo baixou, no preço do barril,para níveis  dos anos 2008 e 2010....nós embandeiramos Felizes acreditamos, que isto já está a melhorar. Porque baixa o petróleo? Porque é que 


 os  Americanos aumentarem a produção.Não terá a ver com estratégicas e manobras políticas, como as sanções à Rússia. Ou à Venezuela!

Ou mesmo, com alguns países Árabes.
Só em  Julho passado , os EUA transformaram-se mesmo, no maior produtor mundial de petróleo, ultrapassando a Arábia Saudita.

Ainda a nível internacional e lembrando as guerras localizadas, onde os actores são os Americanos e os Fanáticos Religiosos. Porquê tantas mortes de pessoas, e crianças inocentes?


Já pensámos.... quem é que vende as armas aos Fanáticos e quem as paga?


De onde vem esse dinheiro? Onde foi depositado?


Quem está por detrás disso? A quem interessa estas guerras?

Estas guerras são benéficas aos países produtores de armamento, porque vendem mais e ao mesmo tempo fazem  testes, a novas armas de destruição.

O dinheiro, para as pagar, vem de fontes obscuras, muito bem protegidas nos  Of shores, criados e mantidos por esquemas feitos , por os mesmos, que dinamizam essas guerras. Senão fosse assim facilmente, se teria acesso a informação, dos que beneficiam com esse negócio.


As guerras e a fome são localizadas e tem a ver, também com o petróleo,   e o controle político das áreas que o produzem.A guerra obriga à deslocação das  populações, que  desesperadas tentam entrar na Europa e noutro sítios mais favoráveis para viver.

Quais as implicações da entrada de tantos esfomeados na Europa ?....
A implicação maior tem a ver com a redução dos salários e na degradação dos condições de trabalho dos residentes.
Essa situação  seduz os empregadores dos países receptores .

Aliado a tudo isto as novas tecnologias fazem o resto....tiram milhares de empregos.

Então como aguentar este universo de milhões de desempregados? Os que tiverem, emprego nos seus locais de trabalho sentiram cada vez mais a pressão de menores salários, a aceitação de alteração do maior  numero de horas trabalhadas... e um tipo de comportamento entre colegas cada vez mais hipócrita e oportunista......um ambiente do salve-se quem puder.

A mim parece-me....que Portugal e a Grécia serviram e servem, de cobaias. ao que os políticos e o grande capital, este através dos banqueiros, querem implementar na Europa nas próximas décadas. 


Ao que parece, com a Grécia isso não vai ser fácil.......mas em Portugal  tudo caminha bem .....E

Lá vamos...  levados sim. ....até quando não sei!....           

A solução mais cómoda para eles, (alguns) os mais fortes no momento, seria uma 3.ª Guerra Mundial, para a redução do numero de pessoas no planeta. Mas essa alternativa, não pode ser concretizada, devido ao aumento do poder armazenado, de armamento atómico.  Os donos disto tudo também morriam.Mas se as gerações mais novas, não abrirem a pestana eles irão cada mais vez arranjando esquemas, para os lixarem.

Aos velhos já está em pratica o modo de os fazerem desaparecer.......como exemplo os últimos acontecimentos nos hospitais públicos!