domingo, 20 de fevereiro de 2011

Geração Rasca e Geração à Rasca.

Há uns  anos quando os mais velhos e até um politico de nomeada se referiam à juventude,... quase sempre os calibravam pela mesma medida,  com o nome de  Geração Rasca. Geração Rasca eram os filhos de uma geração que ainda apanhou a guerra nas colónias em África e outras dificuldades, que tudo fizeram para facilitar  a vida aos filhos, mas quase sempre de modo errado. Se não queriam estudar ...não  trazia problemas.....aos 18 anos tiravam a carta de condução e os pais achavam por bem comprar-lhe logo um carro, porque isso daria mais importância e até prestigio pessoal no ambiente em que se movimentavam. Alguns destes, vieram mais tarde engrossar os números das estatísticas dos  viciados em drogas, Sida -VHI e nos Sem Abrigo que agora vegetam nas  cidades de Lisboa e Porto. Hoje, a Geração que está agora na casa dos 20 a 30 anos, quer tenham emprego, ou tenham formação superior, mas desempregados fazem parte da Geração à Rasca.Os que têm emprego.... têm na maioria um emprego a prazo,  que descontam para uma Segurança Social, onde estão pouco seguros, que dos seus descontos venham mais tarde a auferir alguns benefícios. Depois temos uma legião de jovens, com formação Académica, que sonharam, que quando acabassem os seus cursos, tinham mais facilidade em arranjar emprego. Nada do que sonharam está a acontecer. Por outro lado, vêem uma geração de velhos a ocupar lugares, onde auferem ordenados milionários ( ás vezes, dois e três),  lugares  esses, que podiam ser ocupados por jovens, com entusiasmo empreendedor e a custo muito , mas muito inferior. Mas que não se esqueçam os senhores que têm responsabilidades nesta política,......quando esta geração mobilizar toda a sua energia, para a mudança da situação, prevejo um tempo futuro complicado. Até agora os donos deste País vão-nos entretendo com futebóis e  outros quejandos , ......os pais vão-lhe pondo a mesa.......mas tudo tem um fim.......! Os exemplos na Tunísia, Egipto e mais que não vale a pena   mencionar...podem ser o espelho, do que pode acontecer neste cantinho à beira mar plantado e de brandos costumes!....