segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Quais as consequências, se Portugal for obrigado a sair da zona Euro!

 Ao que noticiaram na comunicação social... Luís Amado pôs a possibilidade de Portugal ter de sair da zona euro.
Da parte  de uma população que estará hoje na casa dos sessenta ou mais, e ao que indicam algumas fontes, a maioria ficaria satisfeita se isso acontecesse. Práticos a fazer contas, apontaram como aumentaram, os bens de consumo, com a nossa entrada no espaço  euro. Uma bica que custava 50 escudos passou logo para 50 cêntimos...um aumento de 100%. A bica é um exemplo, mas tudo aumentou.
Mas porque chegámos a esta situação? Uma das razões a principal é que gastamos mais do que ganhamos (muitos), outros ganharão mais do que que gastam e produzem. Nestes últimos, estarão por ventura os principais causadores da crise a que o mundo chegou.Portugal ,país periférico geograficamente,e na organização interna de tudo o que é publico, quero dizer :..em tudo o que tem sido gerido, por estes políticos que nos têm desgovernado nestas ultimas décadas....... teríamos que chegar forçosamente  a esta situação.....é que quando os outros espirram, já nós estamos tuberculosos. E agora estamos nas mãos de empresas de ratting,dos chineses e até  Timor quer comprar dívida Portuguesa. Internamente os bancos e o governo vão comprando dinheiro lá fora a taxas que já rondam os 7% . e pagam aos depósitos a prazo dos aforadores Portugueses, taxas que não ultrapassam os 0,5%. Uma forma genial de incentivar a poupança.
Se viermos a ser forçados a sair do euro...o que vai acontecer.....voltará o escudo, a inflação chegará aos 20%, desvalorização da moeda .....e a Casa da Moeda, começará a produzir mais notas.Passaremos a ser mais competitivos no comercio com o exterior, já que os nossos produtos ficarão mais baratos a quem os compra lá fora. Aquilo que importarmos fica-nos mais caro..... mas isso não será importante ,já que antes já nos terão obrigado a apertar ainda mais o cinto.Paralelamente irão aumentando os ordenados ás forças de segurança....Policia , GNR e Militares...não vá o diabo tecê-las.
Se hoje estamos mal, a partir do fim de Janeiro do próximo ano...é que a coisa começa mesmo a estar preta.
Mas entretanto,  os sindicatos começarão a fazer umas greves orgânicas, para o pessoal mandar cá para fora parte da indignação que sente.....a luta continua.. como tem sido o nosso lema e cada vez estamos mais na m....!