quarta-feira, 24 de junho de 2009

Os trabalhadores da Auto-Europa, devem ponderar as suas acções!


Ao longo destes últimos anos muitos trabalhadores, foram usados em estratégias partidárias que melhor favoreciam,na ocasião. O resultado foi sempre desastroso, para nós. Serve como exemplo: os Estaleiros Navais da Lisnave,onde nos anos 70 trabalhavam cerca de 14.000 pessoas. De tantas lutas qual foi o resultado? Ele foram reivindicações pelas 40 horas de trabalho semanal, não aos despedimentos etc.,e sempre com vitórias....vitórias essas que culminaram em despedimentos, rescisões, com edminizações etc,.Hoje aquela Empresa não deverá ter 500 funcionários efectivos, mas trabalham em ocasiões de maior aperto, um numero muitas vezes superior ao efectivo actual da empresa e .....em que condições........? Quantas horas por dia? Nunca menos de 12 horas.....quando o trabalho baixa ......o caminho é a rua! Onde estão as pessoas que lideraram as lutas na Lisnave e usadas como marionetas a partir do exterior .....eu sei .....muitos, hoje a paixão deles é o futebol...outros até nas seitas religiosas se podem ver....a politica já não lhe interessa! O que foi o que os fez mudar!..........A Lisnave acabou por ser deslocada da Margueira - Almada, para a Mitrena- Setubal, mas existe,está em Portugal e dá trabalho a muitas pessoas , embora em condições mais gravosas do que anteriormente.......mas a Auto -Europa se for deslocada, vai de certeza para um País onde a exploração da mão de obra seja ainda mais favorável à aquela multinacional, e de certeza um País Asiático ou do Leste Europeu, será a escolha!