sábado, 8 de março de 2014

Viva, a boa polícia conseguiu suster os maus polícias!"




Copo bem cheio ---Escadaria meio vazia!

Se você ainda fala de copo meio cheio ou de copo meio vazio, não está a par das notícias. Agora, a metáfora é outra: a escadaria está meio cheia ou meio vazia? O optimismo e o pessimismo agora medem-se pela escadaria parlamentar. Se tipos gritam "invasão! invasão!" e chegam a metade dos degraus de São Bento, perante essa mesma realidade, você pode ver a coisa meio cheia ou meio vazia, é conforme. Você pode dizer: "Viva, a boa polícia conseguiu suster os maus polícias!" Ou dizer: "Mais degraus e só nos resta a GNR. E se esta cai, é a anarquia!" Se uma quer dizer que você é optimista e a outra, pessimista, ou vice-versa, isso já não sei. A teoria da escadaria vazia ou cheia (como a do copo) depende do nosso prisma de partida. Para um antialcoólico, um copo meio vazio já está cheio que baste... Optimista ou pessimista, havia ontem quem suspirasse: "Esmaga-se a GNR à entrada de São Bento e o traidor Passos Coelho foge para se ir refugiar junto à Merkel!" Ao que outros (optimistas? pessimistas?) diriam: "Ai que vamos perder a nossa Crimeia para os alemães!..." Aqui chegados, podemos concluir todos, optimistas e pessimistas, que é tolo vermos o mundo pelo semi-conteúdo dos copos (ou escadarias). A vida é mais complexa e mais simples. Complexa, porque a cabeça quente de poucos pode tramar a razão da maioria. Simples, porque frente ao Parlamento, em democracia, um polícia não fica na ambiguidade de subir ou descer. Defende-o, ponto.


Tirado Daqui