segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

O Comício da Elite..(versus Congresso do P S D)



                                 
   




Pelo longo comício no Coliseu fiquei a saber que a birra do Capucho só aconteceu porque não foi nomeado para o Conselho de Estado; que Santana Lopes só lá foi para agradecer a sua nomeação para a Stª Casa da Misericórdia; que o Mendes só lá foi porque gosta de festas em família; que o Menezes só lá foi para dizer das suas frustrações eleitorais; que o Marcelo só lá foi para retomar o caminho da presidência - também fiquei a saber pelo humorista das Caldas, pasme-se,que o PSD nada tem com o caso do BPN, logo Duarte Lima, Oliveira e Costa Dias Loureiro, tinham lá lugar marcado, tal como Rui Machete lá esteve de pleno direito o tempo todo, não estiveram e assim perderam a hipótese de serem ressuscitados, como aconteceu a Miguel Relvas, mas fica para a outra vez. Manuela Ferreira Leite pela idade e orgulho preferiu um fim de semana mais recatado, e o Jardim da Madeira por poupança nos transportes, e porque era só um comício preferiu ficar na ilha. Também se verificou um mergulho ideológico, protagonizado pelo mergulhador Sarmento, aquele que não olha a despesas para ir mergulhar a S.Tomé, sendo mais um daqueles todos que lá estavam que não se queixam do salário, é que nem um dos que lá estavam recebe o salário mínimo. Mas o Sarmento na sua arenga explicou, que ali é que estavam os sábios da portugalidade.

Também foi interessante observar - quando falavam os ditos notáveis, a sala estava cheia, quando não havia notáveis a sala ficava a um quarto. Concluindo-se assim que naquele areópago, os menos notáveis ou menos afortunados do saber não tiveram direito a nada, nem sequer lhes passaram cartão.Percebe-se assim não aparecer um trabalhador com salários em atraso, um desempregado, alguém reformado com a reforma esmifrada ou sequer alguém com um salário de 600 euros. Estes não têm lugar naquela elite.


Com a devida vénia copiado daqui