quarta-feira, 10 de julho de 2013

As mentiras desta gente!..

       




                                                                                                                                                  Naquela madrugada de Quinta- Feira, 25 de Abril de 1974,muitos de nós começámos a viver uma festa maravilhosa.Foi a festa da libertação do jugo fascista.Tudo corria como se de um sonho se tratasse. O 1.º de Maio a seguir foi o culminar e a apoteose,onde toda a gente parecia ter o mesmo interesse....mas não era verdade. os partidos de então, mais organizados...P S e P C P, começaram a partir daí a percorrer caminhos diferentes, que não viriam a ser os caminhos do interesse dos Portugueses e nem do País.Na altura o mundo estava dividido em dois blocos, o de leste liderado pela então União Soviética e o ocidental pelos Estados Unidos da América..Não era o país confinado a este pequeno rectângulo chamado Portugal, que interessava a estas duas potências, mas sim e principalmente as colónias de Angola e Moçambique. E estes dois partidos eram cada um por si, o representante desses interesses em Portugal. E assim começou a caminhada para a nossa desgraça actual.O lado dos interesses americanos foi reforçado pela   criação de mais dois partidos...P P D e C D S. Ao longo destes 39 anos nunca os partidos portugueses, puseram em primeiro lugar o interesse de Portugal, como nação independente. A União Soviética faliu ...nós entrámos para a União Europeia...tenho que o dizer, entrámos para uma sociedade de ricos, com o fato todo esfarrapado. Destruímos o nosso pobre tecido produtivo, em troca de subsídios, que foram mal aplicados e não passámos da cepa torta.Mas alguns até(passaram)!.... O F M I, instalou-se e pela 3.ª vez, para vir impor os seus métodos, que mais não é  penalizar os mesmos .....os que menos podem e os que trabalham. Por sua vez a classe politica e as suas clientelas mais próximas, que estão bem referenciadas, e que me abstenho de nomear,aqui e agora... continuarão numa boa.Os serviços de justiça, da saúde, da segurança dos cidadãos e outros não funcionam e quando funcionam ...funcionam mal. A imagem que temos transmitido,  para o exterior é uma imagem de opulência... vejamos o nosso Parlamento e a sumptuosidade dos carros que os senhores que nos desgovernam.. usam.Depois os alemães, os finlandeses e outros, torcem o nariz, quando têm que mandar, para aqui mais euros.Ás gerações mais novas, esta gente incutiu-lhe o consumismo, o futebol e ao mesmo tempo desvalorizaram o trabalho e a competência.Os actuais governantes e os que se movem dentro do poder instalado....são rapazes nascidos e criados dentro das claques partidárias, que não sabem o que são as agruras da vida. Aí se foram  profissionalizando na vida partidária, sem qualquer formação profissional ou intelectual, já que a partidarite não lhe exige mais nada do que prometer e mentir ao incauto povo Português.Chegámos ao caos. Os mais  responsáveis pela situação a que chegámos, uns espreguiçam-se nas praias de Cabo Verde,ou noutros lugares.... outros integram as administrações das lucrativas empresas outrora nacionais, hoje nas mãos de quem lhe faculta ou facultou lugares na administração com chorudos vencimentos, como prémio pelo trabalho realizado. E nós, geração de 60.....a quem nos vão aos poucos, roubando a reforma, já a afogarmo-nos neste mar de incompetência e corrupção, só nos resta olharmos  com preocupação, para o futuro dos nossos filhos e netos.
O fascismo está ai....num modo mais subtil.....mas nem por isso menos cruel!,,
.....