segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Ai do mundo quando a China acordar....Já acordou e de olho bem abertos!......

                                                                                                                                                                   O titulo é uma frase que atribuem a Napoleão, há cerca de 200 e qualquer coisa de anos.
Há também alguns anos, poucos, um presidente da Republica Portuguesa deslocou-se em visita à China, levando na comitiva cerca de quarenta e tal empresários Portugueses...o que gerou um protesto de um sindicato, salvo erro dos têxteis do norte. O que foram fazer esses empresários à China? Aprender, penso que não. Por coincidência passado algum tempo começaram os problemas (para os operários) desse ramo.
Dou alguns exemplos preocupantes. Um certo produto produzido  no Brasil , não vai além de 1 milhão de toneladas.....uma só fabrica chinesa produz 40 milhões.Os direitos sociais dos operários na China não existem.
Horas extras a ganhar nem pensem nisso, trabalha-se as que for preciso. Um operário brasileiro poderá ficar em 600 dólares incluindo descontos e outros, um chinês se chegar aos 100 já é bom.As multinacionais instalaram-se na China, ...as marcas  consagradas na América e na Europa são feitas na China ao preço da uva mijona, gerando ao mesmo tempo grandes lucros aos capitalistas, donos das fábricas e desemprego no Mundo Ocidental . Mas no futuro, quando os chineses controlarem toda a produção mundial...são eles que vão ditar os preços.Entretanto a Europa terá perdido todos os seus meios de produção .Não é por acaso que estamos a ser invadidos por todo o lado de  lojas chinesas....tal como não é por acaso que a China está a comprar a dívida soberana da América ( fala-se em 2/3) e está interessada nas dos países da União Europeia.
No futuro não será preciso fazer uma  3ª guerra mundial, a China irá ganhá-la através do controle de todos os meios  de produção.E a ser assim os chineses tomarão conta do mundo e à sombra da bandeira vermelha, os trabalhadores serão explorados na forma mais feroz, de um capitalismo retrógrado subtil e reaccionário.Para dar um exemplo...durante os jogos Olímpicos de Pequim o governo chinês dizia que não proibia os chineses de se manifestarem, só que tinham que pedir a respectiva autorização. Então eles autorizavam as manifestações, quando legais....só que antes de elas começarem prendiam os promotores...e não havia manifestação!