quinta-feira, 24 de junho de 2010

À atenção da Câmara de Santiago do Cacem, para este problema!

  A Casa do Povo de Alvalade, encara com bastante pessimismo, a situação criada, devido à deficiente qualidade da água que abastece o Centro de Dia. Inaugurado este edifício em 2003, passados cerca de 4 anos tivemos de proceder à substituição de dois depósitos-cilíndricos da Central Térmica, nos quais o depósito de matérias como calcário, ferro e lama,impossibilitavam o seu funcionamento. Este trabalho orçou em cerca de 10mil euros. Pedida na altura uma ajuda à Câmara Municipal, dado que a qualidade da agua fornecida não ser a melhor, agua essa que a Casa do Povo,paga mensalmente, não recebemos qualquer resposta ao nosso apelo.Em Março deste ano, verificou-se que um daqueles cilindros, estava novamente inoperacional, o que levou à sua substituição, sendo os encargos resultantes de 6.330 euros.Face à situação, a firma que nos dá apoio neste área - Calorliz - de Leiria,informou-nos que os problemas iriam persistir, levando a que, num futuro próximo, todo o equipamento de Centro de Dia ficasse inoperacional e tivesse que ser substituído. Assim propôs e nós aceitamos, que houvesse uma intervenção de fundo, no sentido de salvaguardar a qualidade da agua e dos bens e equipamentos. Essa intervenção constitui a montagem de equipamento de descalcificação,montagem de um desferrizador, destinado a eliminar cerca de 85% do ferro da agua, substituição de toda a tubagem de agua quente da central térmica, metal, por outra em PVC, instalação de equipamento de pressurização da agua fornecida, de 0,5kg para 5 Kg ( todo este equipamento já se encontra instalado) No entanto verificou-se agora que a tubagem que  conduz a agua quente à lavandaria, se encontra quase na totalidade obstruída devido ao calcário e lama. Assim, verifica-se a necessidade de proceder com a maior brevidade a um tratamento (efectuado com as instalações encerradas,isto é durante a noite) com produtos químicos que desfaçam os materiais aglomerados nas tubagens.Todo este trabalho, traz um encargo à Instituição de cerca de 25 mil euros.A Casa do Povo tem vindo a alertar para esta situação, sem que tenha até agora sido dada qualquer resposta.De notar que a Casa do Povo, pretende este ano proceder à pintura geral do edifício do Centro de Dia, mas pondera efectuar ou não esse trabalho dadas as dificuldades financeiras com que se debate. 
  Lms 
                                                                                                                                                            Agora digo eu: a agua que é fornecida à vila de Alvalade poderia ser de melhor qualidade. Esta vila tem agua por todo o lado que podia ser captada aqui bem perto da localidade.Desde que Aljustrel deixou de ser fornecida dos nascentes da herdade da Olhalva ,que a qualidade da agua piorou.