segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Alvalade-Sado, Passado -E que futuro!



Quando abalei da minha terra nos finais dos anos 60, era Alvalade uma terra cheia de vida ! As pessoas tinham emprego , gerado por uma agricultura muito activa. Era das terras na região em que se podia viver melhor , daí o grande afluxo de pessoas das redondezas. Aumentou o numero de habitantes , mas faltavam as habitações . Ninguém melhor do que eu pode comparar a diferença do que havia naquele tempo para o que não há hoje ! A vila cresceu urbanisticamente e diminuiu em população ! Hoje é uma vila moribunda .Quais razões? Uma das razões apontadas, ---------o abandono do poder central pelo o interior do País , mais acentuado em relação ao Alentejo . Outra das razões é que os Alentejanos são pouco dados a organizarem-se para defenderem os seus interesses . E por ultimo penso eu, há um certo deixa andar e desinteresse do poder autárquico pelas regiões da periferia ! Podia-se descentralizar alguns serviços ,facilitando as populações é que não consigo entender a centralização de todos os serviços na sede do concelho , quando com as novas tecnologias seria fácil pelo menos alguns estarem aqui . E o que acontece? Uma boa parte da população quando precisa de tratar de qualquer assunto desloca-se mais a Aljustrel do que a Santiago do Cacem; por ficar a menor distancia, e temos que reconhecer ,com serviços mais rápidos e personalizados!Reconheço que os serviços prestados por todos os organismos em Santiago ,melhoraram consideravelmente nos últimos tempos. Destaco o sr. Dr. conservador da Conservatória do Registo Predial!...................