quinta-feira, 22 de abril de 2010

2010 – Um ano de efemérides importantes

Com a devida vénia tirado aqui


No próximo dia 21 de Junho assinala-se o 15º aniversário da reelevação de Alvalade a vila, estatuto perdido aquando da supressão do concelho, em 6 de Novembro de 1836, e recuperado em 1995. Em Setembro, celebram-se os 500 anos do foral manuelino, uma data e efeméride muito particular que justifica um programa mais nutrido que o habitual Alvalade Medieval. Neste ano de 2010 assinalam-se ainda os 44o anos da Igreja da Misericórdia, concluída em 1570. Em Novembro completam-se também 500 anos sobre a visitação espatária, chefiada por D. Jorge de Lencastre, Grão-mestre e figura máxima da hierarquia da Ordem Militar de Santiago da Espada, para uma inspecção demorada aos bens da Comenda de Alvalade. O ano de 2010 fica ainda marcado pelo 10º aniversário da reconstituição e recolocação do Pelourinho manuelino, na Praça D. Manuel I, recuperado em 2000. Este pequeno conjunto de datas ou efemérides, de grande simbolismo e importância no desenvolvimento do processo histórico de Alvalade, justifica uma programação comemorativa cuidada, devidamente planeada e envolvendo as colectividades, associações, escolas e demais instituições alvaladenses. Um programa estendido e disperso ao longo do ano, tendo como ponto alto o mês de Setembro, nas comemorações dos 500 anos do foral manuelino, que possa incluir a requalificação da Praça D. Manuel I, concluído o projecto apresentado aos alvaladenses em 1996, na Casa do Povo de Alvalade. Seria uma justa homenagem ao monarca que nos deu o foral e a autonomia administrativa, valorizando ao mesmo tempo aquele que é o principal cartão de visita e o espaço de maior simbolismo e importância histórica de Alvalade.